Os 5 erros mais comuns do Guitarrista

Share the joy
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os 5 erros mais comuns do Guitarrista

O segredo para seguir evoluindo como músico e guitarrista é a prática diária porém, é muito importante saber ser auto-crítico quanto a evolução e aprendizado. O objetivo desse artigo é identificar os erros ou problemas mais comuns de qualquer guitarrista, não significa que você tenha alguns desses problemas, mas você pode usar este artigo como ponto de partida para analisar seus pontos fracos e seguir evoluindo. De certa forma, esses 5 erros são pontos importantes que qualquer guitarrista deve estar sempre atento.

 

ERRO 1: Vibrato

Vibrato é com certeza a técnica mais subestimada por todos os guitarristas do mundo em qualquer estilo. No final, qualquer guitarrista acho que vibrato é simples e pode ser executado facilmente. A verdade é que não é !!

Vibrato não é de forma alguma balançar rapidamente a corda no braço da guitarra pra cima e para baixo. Na verdade, uma bom vibrato requer relaxamento muscular e do movimento que deve adicionar um efeito novo a nota que você está tocando dentro de um contexto musical.

O maior problema od vibrato é o tempo. O vibrato deve ser executado no tempo assim como qualquer outra nota. O vibrato deve ser executado no tempo exato da música, o efeito de um vibrato fora de tempo é o mesmo que uma nota desafinada ou até pior !

Vibrato também tem relação com afinação ou entonação da nota. Usar vibrato não siginifica fazer bends de quarto de tom, o vibrato pode usar intervalos maiores desde que tenha relação com o contexto musical da frase em que foi inserido.

Ambos os erros na execução de vibrato (tempo e entonação) são resultados de falta de prática que leva a execução não relaxada.

Outro problema é usar o Vibrato em todas as notas que uma duração um pouco maior. Segurar um nota não significa que você deve adicionar vibrato. O vibrato é um efeito de interpretação. Caso você adicionar ele a todas as notas, o efeito perde a surpresa. Use vibrato somente onde for apropriado. Você não sabe como estudar vibrato corretamente ? Acesse o www.guitarpedia.com.br e assista nossas aulas sobre o assunto.

 

ERRO 2: TEMPO

Esse talvez seja o problema mais comum e mais importante.Faça um teste, grave você mesmo tocando, pode ser com o celular e guarde. Depois de alguns meses toque a mesma parte e compare com a primeira gravação. Você deveria melhorar seu tempo com o passar do tempo. Se você não notou melhora é porque não está sendo auto-critico em relação a esse tema. Pode ser que sua sensação de tempo seja naturalmente perfeita mas, aviso que muito poucos tem esse talento naturalmente. Isso dever ser desenvolvido.

Como você deve saber guitarristas tem péssima reputação quanto a tempo e leitura musical. A razão para isso é que quando começamos a estudar guitarra nos concentramos muito em aprender escalar, acordes e não paramos um segundo para pensar que tudo em música deve ser executado no tempo não importando qual é o instrumento.

A peça mais importante para seguir evoluindo a questão de tempo na música é o metronômo. Como músico você não deve considerar o metronomo como algo extra e não essencial. O uso do metronomo é mandatório e tudo deve ser estudado com metronomo desde is primeiros dias com o instrumento. Pense nisso quando for ensinar seu filho a tocar guitarra. Não sabe usar o metronomo ? Acesse o www.guitarpedia.com.br e assista nossas aulas sobre o assunto.

ERRO 3: Visualização do Braço da Guitarra

Este é um erro muito comum, não estudar diariamente técnicas de visualização do braço da guitarra. A maioria dos guitarristas estuda isso por um tempo no inicio e depois deixa completamente fora da prática diária. O estudo do braço da guitarra é essencial e deve fazer parte da rotina de estudo. O guitarrista tem a dificuldade devido ao braço da guitarra de localizar notas, escalas e acordes. Existem muitas combinações possíveis. Porém é possível sistematiza por exemplo com uso do sistema CAGED. Pianistas ou músicos de sopro não tem esse problema, apesar de terem outros problemas diferentes. Estudar um instrumento não é simples. O ponto é: quanto melhor você conhecer o braço da guitarra, melhor vai tocar e improvisar. Essa regra vale sempre! notas, intervalos, escalas, acordes etc…

Como conhecer e estudar o braço da guitarra ?? Comece com a idéia de uso de padrões ou formatos de escalas e acordes. Você pode usar o sistema CAGED para isso. Qual a vantagem e desvantagem de usar um padrão ?

  • Vantagem: Uma vez que você entendeu o conceito, você pode tocar a mesma escala ou acorde em qualquer tonalidade sem mudar a posição de seus dedos no braço da guitarra ou ter que pensar nas notas de cada escala ou acorde
  • Desvantagem: Não pensar nunca nas notas pode ser um risco a longo prazo, pode deixá-lo preguiçoso e até ignorante sobre conceitos musicais. Você vai saber tudo sobre pontos pretos no papel e bracinhos de guitarra desenhados, porpem muito pouco sobre conceitos importantes de harmonia e ritimo.

O importante é um mistura dos pontos, aprender os padrões no braço da guitarra mas, sempre se preocupar com as notas e intervalos quando estiver estudando. Como regra, primeiro aprenda os padrões e depois dedique tempo em entendê-los melhor.

Ninguém normal aprende tudo de uma vez, aprender é algo constante e quanto melhor você visualizar o braço da guitarra melhor vai ser no momento de improvisar e tocar. Isso por que você vai saber o que está executando sempre. Acredite vale a pena! Não sabe estudar o braço da Guitarra da melhor forma ? Acesse o www.guitarpedia.com.br e assista nossas aulas sobre o assunto.

 

ERRO 4: Muitas Notas !!!

Tenho certeza que você já pensou o seguinte: Quando estou solando ou improvisando, eu somente subo e desço padrões de escala, eu não consigo fazer nada além disso!”. A explicação para isso é que a maioria dos guitarristas não pensa em termos de notas e sim somente em formatos e padrões de escala. Cada nota tem sua própria identidade e sonoridade no contexto musical. Quanto mais cedo você aprender isso, mais autêntico e maduro seus solos irão soar para o ouvinte.

Tais erros não são imediatamente percebidos para o guitarrista, por exemplo tempo e vibrato. Embora a falta de controle sobre esses conceitos é percebida muito rapidamentes. Por exemplo: falta de ritimo, entradas atrasadas ou adiantadas em solos, falta de frases nos solos e imporovisos. Como resolver isso ? Não é simples mas, o melhor caminho é o estudo de percepção musical.

Além de aprender os padrões de escala, que não passam de pontos no papel e que não levam a lugar nenhum em termos musicais, você precisa perceber a sonoridade da escala em determinado contexto. O estudo de percepção musical e modos associado a percepção de intervalos e escalas ajuda muito nesse sentido. Um passo inicial e cantas a escala que você está apredendo contra o acorde na guitarra. Leva tempo para o resultado aparecer mas, é fundamental.

Esse tipo de estudo vai treinar seu ouvido cada vez mais para que você entenda o sentido de cada nota e não somente veja pontos no papel.

 

ERRO 5: Preguiça??!

Não existe outra palavra para descrever esse problema. Na verdade isso afeta não só o estudo de música mas, tudo em nossa vida.A guitarra é um instrumento fácil de tocar, mas muito dificil para ser um completo especialista. Outro ponto, a guitarra é o tipo de instrumento que dizem saber tocar, mesmo sabendo alguns acordes em posição aberta e algumas músicas simples.

Todos quando que querem aprender guitarra começam por acordes básicos e talvez algumas escalas pentatônicas, e com isso pensam que podem tocar tudo.

Qual o ponto que quero chegar, não é o caso de estudar 10 horas por dias em um conservatório e dedicar toda sua vida a isso. O ponto é que desistimos de aprender coisas novas muito rapidamente.

Se tocar guitarra, ou qualquer outro instrumento, é considerado como algo díficil por todos. Portanto, você precisa de uma dedicação para que o resultado seja razoável. Somente pessoas que entendem isso conseguem chegar a um bom nível como guitarrista e músico. Portanto, separe um tempo de sua rotina para estudar música e guitarra.

Aprender guitarra é algo continua, mas de forma geral é possível dizer que atingir um bom nível leva alguns anos de estudo. Portanto, seja paciente com você mesmo, não seja preguiçoso e sempre fique curioso e entusiasmado para aprender novas coisas.

 

Para acabar:

Esse texto não é uma critica simples a qualquer guitarrista, mesmo porque quem escreveu também tem seus erros e problemas. A primeira coisa para evoluir é identificar os ponto fracos e fortalecê-los. Seja honesto com você mesmo e veja quais desses 5 pontos você precisa melhorar.

Se precisar de ajudar use as aulas no www.guitarpedia.com.br